O CAMINHO PARA O SI MESMO






Na imagem de mundo da psicologia junguiana vale o princípio de que aquilo que está fora também está dentro, e aquilo que está dentro também está fora. Por isso, não devemos nos desvincular apenas das presilhas que nos amarram aos valores, normas e expectativas de papéis coletivos- que nós internalizamos em nossa persona-, mas também das presilhas que nos amarram ao nosso inconsciente, e então, relacionar-nos conscientemente com esse. Não devemos ser determinados, portanto, nem pelo inconsciente nem pelos valores criados pela sociedade.


Verena Kast: “ O caminho para si mesmo”



You Might Also Like

0 comentários