A Ansiedade e Os Contos de Fada





Os contos de fadas muitas vezes lidam com a ansiedade sem falar sobre ela diretamente; na verdade, a ansiedade é raramente mencionada nos contos. Mas quando ouvimos um conto e nos aprofundamos no seu imaginário, muitas vezes nos encontramos temendo pelo futuro do herói ou da heroína: o perigo do envenenamento espera por Branca de Neve a cada curva, Hansel e Gretel são abandonados, a bruxa lança uma torrente de ira sobre Gretel. Quando o protagonista sobrevive ao perigo, damos um suspiro, aliviados, pois nós também sobrevivemos a outro ataque de ansiedade. A partir dessa perspectiva, então, praticamente não há um conto de fadas que não lide com a ansiedade. Olhando para nós mesmos através do conto de fadas- que nos apresenta dilemas humanos típicos e nos permite imaginar caminhos para sairmos deles-, percebemos que somos confrontados pela ansiedade em todos os passos do nosso caminho.
A ansiedade pertence à condição humana (...)


VERENA KAST: “A ansiedade e as formas de lidar com ela nos contos de fadas”.



You Might Also Like

0 comentários