O Confronto com a Sombra- Reflexão Junguiana



     Isso sou eu, tenho vergonha e raiva disso! Mas sou eu mesmo...Não tem mais como ser do outro. Agora sei que brota de mim, não quero isso aqui comigo, permança onde estava todo esse tempo: refletido no outro!!! Mas agora o espelho reflete meu rosto, não tem mais como escapar. Vejo parte da minha face tenebrosa e a outra se ilumina... ah que alívio, não me perdi. Sou EU, completa e mais...

Confronto com a Sombra ( uma das fases da Individuação)







“É comum pensarmos que a sombra só contém aspectos escuros e negativos da personalidade, contudo é a sombra que nos dá à dimensão humana, que escancara a realidade, que coloca nossos pés no chão. Mas que também esconde potenciais ocultos, tesouros inestimáveis que foram desprezados. É um remédio amargo e necessário! O confronto com ela é uma humilhação para o ego”
( JUNG, 2011).


JUNG, C. G. Aion – Estudo sobre o simbolismo do si-mesmo. 8. ed. Petrópolis: Vozes, 2011.







You Might Also Like

0 comentários